Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Alvorada!!!!

 

 

São 6.50 da manhã de sábado. Subitamente sou interrompida noutro dos meus sonhos estranhos, em que me encontro à espera do bus para ir para a escola, com um casaco comprido preto que tenho e umas havaianas nos pés. Pormenor interessante: estava tudo enlameado e eu toda incomodada de ter os dedos os pés a ficar salpicados com a lama. I wonder why…

 

“Trim…! Trim…! Trim…!” Ouvi qualquer coisa lá ao fundo mas pensei que até fosse no meu sonho. Ignorei e mantive-me no quentinho dos lençóis, onde o meu love me envolvia no calor dos seus braços e o meu fiel escudeiro, Pimentinha, me guardava os pés.

 

Novamente o “Trim…! Trim…! Trim…!”. Caraças – digo eu para os meus botões – publicidade a esta hora?!? Ou será a minha mãe?!Não, se fosse ela, telefonava primeiro. Digo eu.

Mas com tanta insistência, deve ser alguém aflito…

Sacrifício número 1: arranjar coragem para abrir os olhos; sacrifício número 2: mexer uma perna e depois a outra para zarpar da cama; sacrifício número 3: colocar os neurónios a funcionar a um ritmo decente.

 

Chego à porta, pego no auscultador do telefone da porta e pergunto: “quem é?” Alguém da rua pergunta: “ Marreco?!” (nome inventado para não dizer o verdadeiro. Mas era parecidooo…).

“Aqui não há nenhum Marreco!” E pluf! Desligo o interfone e pisgo-me de novo para a cama, zombie de sono.

 

Oiço tocar para a minha vizinha do lado, que não atendeu a porta e, por fim, descubro quem é o Marreco. São os meus vizinhos de baixo e a tocadora-de-campainhas-madrugadora era a irmã!

E mais… a dita cuja é que é a proprietária da casa!!!! Será possível alguém esquecer-se qual é a sua casa, o andar onde se localiza?!? E não falemos em amnésia.

 

Como se não bastasse o “despertar suave” da tal senhora, ainda continuou a falar como se fossem 5 da tarde, em tom bem alto, e a subir e descer escadas para ir buscar sacos!!! Que mal fiz eu?!?! Eu só queria ficar na cama mais um cadinho…

 

Alguém me passa uma almofadinha que eu quero dormir?